janeiro 2022
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

:: 25/jan/2022 . 0:47

A TECNOLOGIA QUE NÃO FUNCIONA NO BRASIL

O repórter passa os números de atendimento e diz que o aplicativo e o site são mais práticos para fazer o agendamento da sua necessidade, como uma consulta média nesses tempos pandêmicos. Siga o passo a passo. No meio sempre dá um problema, e a pessoa tem que começar tudo do zero.

Acontece que dificilmente você consegue. Bate a irritação e o indivíduo fica ainda mais estressado. A nossa tecnologia já nasceu como o DNA da burocracia. Funciona de maneira precária, e poucos têm acesso a ela. Quando possui, é aquela tortura.

Não é querer ser derrotista, mas sempre digo que a única coisa que funciona bem no Brasil é a corrupção. Essa é uma “maravilha”, levando ainda em consideração que ela está aliada à impunidade. Com a propina e o suborno o cara passa pelo porteiro sem ser revistado.

Poderia citar aqui muito setores, como na educação e na saúde, por exemplo, onde o brasileiro pena para marcar uma consulta ou matricular um filho numa escola através de um site ou aplicativo. Vou apontar, porém, o caso do SAC que está resolvendo os problemas do cidadão por agendamento.

Eu sou um testemunho desse sofrimento no processo de renovação da minha carteira de habilitação. Primeiro, com ajuda da minha esposa, tentei agendar pelo site, mas ele nunca abre. Desisti.

Resolvi, então, ir pessoalmente ao serviço no Shopping Boulevard. O moço me indicou uma pequena empresa, um quiosque que fica dentro do Shopping e cobra R$2,50. Lá, em questão de dois minutos ou menos, a moça fez o agendamento. A terceirização mais parece uma máfia porque pelo site do SAC é até impossível.

No dia marcado, que foi ontem (dia 24/01), às 11 horas, lá fui eu pontualmente com meus papéis na mão. Recebi a senha para ser atendido e, a esta altura, já me sentia relaxado e certo que iria, enfim, solucionar meu “pepino” burocrático.

Para minha surpresa, 10 ou 15 minutos depois, apareceu um funcionário para avisar que o sistema de habilitação estava fora do ar, mas seria por pouco tempo. Aquilo já mexe com os nervos da pessoa. Demorou mais um pouco, e outro preposto comunicou que o problema iria demorar.

Então, me dirigi ao senhor para saber o que faria. Ele olhou para mim, de maneira educada, e recomendou que no meu caso (idoso) melhor seria cancelar o agendamento. Prontamente entreguei minha senha e indaguei o que faria. Respondeu que a saída era fazer outro agendamento, lá no quiosque, pagando mais R$2,50.

Ai, meu amigo, só para agendar já gastei R$5,00, fora o laudo e o médico que irá me examinar para saber se ainda estou apto para dirigir. Tenho que retornar ao SAC na próxima quinta-feira, não mais tendo a certeza que serei atendido porque nossa tecnologia não é confiável, e sempre tem o tal do sistema que sai do ar.

O brasileiro pobre nasceu para sofrer calado, e come o pão que o diabo amassou. Para todo canto que se vai tem uma fila, e a tecnologia, que tanto propagaram que iria facilitar nossas vidas, na maioria das vezes não funciona.

Fico a imaginar que o pobre no Brasil quando morre vai direto para o céu, porque pelo inferno ele já passou. Na portaria, São Pedro nem deve olhar a ficha dele, se é pregressa ou não. Para acabar com essas injustiças, só uma revolução, para eliminar essa corja que infesta a política e nem está aí para o sofrimento do nosso povo.

Por falar em fila, você, por acaso, já viu algum milionário, famoso ou deputado numa fila para tirar e renovar documento ou resolver alguma pendência em um banco ou repartição pública? Se você encontrar, me conte.

A mesma coisa é a tal prova de vida que os governantes colocam aqueles velhinhos aposentados nas filas intermináveis para chegar na carteira do funcionário e dizer que ainda não morreu. Vá tentar fazer através do Aplicativo Meu INSS! Coisa é fazer uma inscrição num edital de concurso!

 

 





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia