setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

:: 16/set/2021 . 23:33

PORTA ABERTA

Poema inédito de autoria do jornalista e escritor Jeremias Macário

Por muito tempo,

Nessa vida desumana,

Entre a lida sagrada/profana,

Juntos rimos e choramos,

Na alegria e no sofrer,

Com a porta aberta pra você.

 

Nos separamos em vias diferentes,

Com a jura de nunca mais nos ver,

No cego rancor de intolerantes,

Cheios de dor com o que restou.

 

O ódio dessa gente nos repartiu,

Fui egoísta como colonizador,

E troquei o ser pelo ter.

 

Hoje com os conceitos a rever,

Minha porta está aberta pra você.

 

Meu peito não guarda mais mágoa,

Lavei a alma no Rio do Amor,

Não consigo viver do esquecer,

Saudades do abraço afago,

Do banhar no mesmo lago,

Na porta que está aberta pra você.

 

Volte logo,

Não suporto está solidão,

Desse viajar na contramão,

Sem o sentido do viver existir,

Basta de tanto levantar e cair,

Do só cobrar o receber,

Sem abrir minha porta pra você.

 

Quando um viola do outro o feito,

É como canção sem o som da viola,

Vamos fazer nossa linha de frente,

Onde sopra o fresco vento,

Que atrás de nós vem gente,

Para roubar o nosso direito.

 

O segredo está em saber conviver,

Tire a tramela da sua janela,

Que minha porta está aberta pra você.

 

Perdoe meu passado de pecado,

Quero das cinzas como Fenix renascer,

Minha porta não é mais de ferro,

A intransigência aqui enterro,

Não mais um vil pintado de anil,

Minha porta está aberta pra você.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia