agosto 2021
D S T Q Q S S
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

:: 12/ago/2021 . 23:57

O HOMEM QUE CHORA

Versos inéditos do jornalista e escritor Jeremias Macário

O homem em seu interior chora,

E lá fora bate o vento atrás do monte,

Até no horizonte onde secou toda fonte.

 

Nuvens anunciam tempestade de chuva,

Foguetes voam nesse espaço de engaço,

Da terra que produz da mandioca a uva,

Mas morre de fome a criança sem nome.

 

No infinito solitário da eternidade,

Náuseas desse falso existir solidário,

O homem perdeu seu sonho e o amor,

E só lhe restou a dor da tirana saudade,

Na espera de um verde no calendário.

 

Repente, repentistas desse Nordeste,

Cantam esse chão cauboy faroeste,

Do retirante a vagar com sua viola,

A solar a canção do homem que chora,

Nas noites frias a pedir uma esmola.

 

Sou a voz desse homem que chora,

Que perdeu a fé até em Nossa Senhora,

Sou a voz desse homem que chora,

Por justiça social que virou pedra de sal.

“CARRO-PIPA PRECISA DEIXAR DE SER TROCA DE MOEDA NA POLÍTICA”

A questão do abastecimento de água em Vitória da Conquista foi um ponto de destaque nas falas dos parlamentares na sessão de ontem (dia 11/08), na Câmara de Vereadores, cuja plenária continua com o péssimo hábito das conversas em paralelo quando alguém está discursando. O assunto foi abordado quando muitos locais urbanos e na zona rural convivem com a escassez do precioso líquido tão vital para as pessoas.

Em seu pronunciamento, o vereador Augusto Coutinho foi enfático quando disse que o “carro-pipa precisa deixar de ser troca de moeda na política”, ao citar que uma mulher esteve em seu gabinete para que ele intercedesse junto às autoridades do município por um desse serviço de oferta de água. Há anos que o carro-pipa faz parte do cenário de seca no semiárido baiano, inclusive na região sudoeste.

Isto me fez lembrar dos tempos em que fazia coberturas jornalísticas sobre estiagens no sertão. O carro-pipa sempre foi objeto de troca de voto e, por incrível que pareça, ainda continua sendo. O parlamentar bradou que isso tem que acabar através da prometida construção de uma barragem, para ele sobre o Rio Pardo, próximo a Inhobim, que atenda toda demanda da população, com água encanada na cidade e no campo. Essa barragem seria o dobro da capacidade das atuais Água Fria I e II.

Outro que mirou o problema da falta de água foi o parlamentar Admilson Pereira, apontando também a urgência de implantação de outra barragem, antes que se corra em outro risco de racionamento, levando em consideração que ainda vamos ter um período extenso sem chuvas, além do inverno seco que ainda estamos atravessando.

O tenente Muniz criticou a situação das estradas vicinais da zona rural, as quais se encontram intransitáveis, como no povoado de Muritiba. O colega Dinho dos Campinhos tratou dos problemas da saúde no município, cuja população mais carente não tem tido o devido acesso.

Alexandre Xandó mostrou a precariedade dos transportes coletivos em Conquista, e disse que testemunhou o quadro numa van que ele mesmo usou para se deslocar até a Câmara.  Não é de hoje que este tema da mobilidade urbana tem sido o carro-chefe nas discussões entre os parlamentares e os usuários que dependem do transporte para o trabalho e a realização de outras atividades cotidianas.

A Tribuna Livre ficou por conta de representantes jovens da Ordem Demolê, que explicaram sobre papel da instituição na comunidade, principalmente de assistência educacional, de esportes e lazer para a juventude mais pobre. Falaram do Dia da Juventude e reivindicaram mais políticas públicas voltadas para as crianças e os jovens.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia