janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez   fev »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


A INCOMPETÊNCIA E A SAFADEZA NOJENTA DO PERVERSO SER HUMANO

ESSES FURAS FILAS DA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 SÃO REPUGNÁVEIS E SÓ MERECEM DE NÓS O REPÚDIO. SÃO ELEMENTOS CRIMINOSOS QUE CINICAMENTE AINDA FALAM EM SOLIDARIEDADE E ATÉ FAZEM DOAÇÕES EM FINAL DE ANO

Como já era de se esperar, aqui em Vitória da Conquista e em outros lugares do país teve gente falsificando declarações e furando a fila, com explicações estapafúrdias e cínicas, para tomar a vacina contra a Covid-19 antes do público prioritário que foi o pessoal da linha de frente na área da saúde.

A que nível chega o mau caráter do ser humano que sempre quer levar vantagem em tudo, e os outros que morram! Quem age assim é um safado, imoral e sujo que não tem nenhuma moral de julgar os políticos corruptos. Muita dessa gente finge ser solidária e até faz doações algumas vezes. É um traidor da sua própria alma. É um pobre desgraçado! Um pária da sociedade.

INCOMPETÊNCIA

Nada justificam essas atitudes vergonhosas de individualismo, mas, sabendo que em nossa sociedade existem indivíduos desse quilate do mal, caberia à Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde, se prevenir de outra forma, com medidas e métodos mais rígidos, de modo a evitar essas irregularidades. Essa de declaração de cada instituição abriu brechas para as falsificações.

Foram verdadeiras ocorrências estelionatárias criminosas (caso de polícia), mas a Secretaria foi incompetente porque poderia ter evitado os furas filas. Ao invés de uma declaração, a pasta da saúde não poderia elaborar uma lista, ou relação das pessoas prioritárias da linha de frente através dos RHs de cada unidade hospitalar? O próprio diretor poderia fornecer os nomes dos profissionais que estão diretamente envolvidos no combate do vírus.

Entendo que faltou mais organização e preparo antecipado por parte da Secretaria. Aliás, a desorganização já começa lá de cima do Ministério da Saúde, comandado por um intendente general. A lista de nomes seria uma maneira de controlar a vacinação somente para os prioritários, mas existem outras formas de coibir as brechas desses elementos do mal. É só colocar a imaginação para funcionar e fazer um plano mais consistente.

Essas vacinas não poderiam ser aplicadas num espaço reservado de cada unidade hospitalar, ou posto de atendimento de Covid, com a relação de nomes nas mãos? Por que essa de Drive Thru (mania de imitar os ianques – coisa de fora) no comando da Polícia Militar com filas enormes de carros? Se o processo fosse outro mais simples e objetivo, certamente, pelo tempo, Conquista, que só recebeu 4.040 doses, já teria terminado essa vacinação.

Além das falsificações, pessoas como eletricistas, porteiros e encanadores receberam declarações para serem vacinados. Não sou especialista no assunto, mas compreendo por linha de frente os médicos intensivos de leitos de UTIs, enfermeiros, terapeutas, agentes do SMU e outros profissionais que atuam no tratamento direto dos pacientes contaminados.

UMA BAGAUNÇA E O NOJENTO

A palavra para esse início de vacinação no Brasil é bagunça, e o capitão negacionista da ciência nem está aí para as tragédias das mortes no país. Ele está mais para inaugurar estradinha em Coribe/Bahia e provocar aglomeração, como um psicopata da morte. Já cometeu crimes suficientes de lesa-humanidade para ser julgado, afastado da presidência e ser imediatamente preso. Por ele não existiria vacinação. Com seus monstros seguidores, virou promotor de fake news. “Governa” só para seus apoiadores nazistas.

Os furas filas safados, como vereadores, prefeitos, como o de Candiba/Bahia, chefes de gabinete, diretores de departamentos de hospitais e outros são uns nojentos que não têm o mínimo sentimento com relação à mortandade que está ocorrendo em Manaus, nem pelos mais de 215 mil que perderam suas vidas. É a prova mais cabal da cultura da maldade e do individualismo de um Brasil que já nasceu corrupto.

Muitos deles são “bozonaristas” e deveriam seguir o seu “guru”, recusando a se vacinar, como já declarou o chefe. No entanto, estão lá cometendo o absurdo de passar na frente dos prioritários. Em tom de deboche, o Bozó chegou a dizer que a “direita toma cloroquina”, a esquerda toma tubaina”. Agora podemos responder que a direita continue a tomar sua cloroquina, a esquerda toma vacina.

No meu caso como idoso, e de outros milhões na mesma situação, me sinto revoltado, indignado e até com vergonha do meu país. Essa gente sim, é uma escória da nação, que deve ser expurgada. Em outro país de princípios rígidos, teria o castigo que merece. Nem vou aqui citar o tipo de condenação, pois muitos conhecem bem do que estou falando.

A maior culpa já vem do alto incompetente Planalto que vai disseminando a confusão e os desvios de conduta e caráter, mas cabe a cada núcleo local tentar consertar os erros, como aconteceu aqui em Vitória da Conquista com as falsificações e gente se beneficiando quando não tinha o direito.

Da minha parte, não foi surpresa, pois não temos um governo competente, ajustado e comprometido em combater esse vírus. Basta olhar os números de Covid em Conquista com mais de 250 mortes. Infelizmente, estamos nas mãos do poder lojista e empresarial, mais preocupado com o lucro do que com a vida. Afinal, eles têm hospitais particulares, enquanto a ralé pobre vai chorar suas lágrimas nas portas dos SUS, que não dispõem de mais vagas. O destino é a morte cruel e desumana, sem a devida assistência.

 

2 respostas para “A INCOMPETÊNCIA E A SAFADEZA NOJENTA DO PERVERSO SER HUMANO”

  • A escória mais uma vez mostrando sua face cruel.É nojento saber que numa situação dessa a lei do Gerson prevaleça.Realmente seria tão simples terem tomado medidas para que essa vergonhosa atitude ñ acontecesse.

Deixe seu comentário





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia