Da Tribuna Livre da Câmara Municipal de Vereadores, na sessão do dia 13/11(quarta-feira), o ex-vereador Absolom pediu ao poder público a criação da guarda mirim, um projeto que ele insistiu em constituir quando assumia uma cadeira no legislativo conquistense na década de 1990. Ele também falou da importância da instalação do gabinete de gestão integrada na área da segurança pública, como já existem em outras cidades.

Em sua fala, Absolom criticou o uso de armas pelos militares nos colégios e quando estão fazendo rondas nas escolas. Considerou essa prática como absurda e de desrespeito aos jovens estudantes. Ele destacou a necessidade  de se ter em Conquista, uma cidade na lista entre as mais violentas no Brasil, um conselho democrático de segurança pública, em constante diálogo com a comunidade, visando a redução da criminalidade no município.

Igualdade no atendimento

Um representante do povoado da Estiva pediu apoio aos parlamentares junto à prefeitura, para o recapeamento das estradas na zona rural. Como primeiro a se pronunciar na sessão, o vereador Álvaro Phiton fez um apelo ao secretário de Esportes e Cultura para que seja agilizada a reforma do campo do Alto do Panorama e das quadras de esportes nos bairros vizinhos. Na ocasião, se dirigiu aos colegas para que votem o pedido de empréstimo de 60 milhões de reais que o prefeito está fazendo à Caixa Econômica para a realização de serviços nos bairros periféricos da cidade.

O vereador Rodrigo Moreira criticou a prioridade que o poder público atual concede aos servidores no atendimento dos serviços públicos, especialmente no segmento da saúde. Ressaltou que deve haver equidade no atendimento, e que todos sejam iguais. “Não existe razão para que um funcionário público tenha preferência no atendimento”. Na oportunidade, mandou um recado ao prefeito para que sejam construídos no município um hospital da criança e outro da mulher, como já existem em algumas cidades da Bahia.

O projeto de substituição das mangueiras pretas por transparentes nos postos de combustíveis, para que o consumidor veja a qualidade da gasolina, principalmente, foi objeto de comentário do parlamentar Sidney Oliveira, autor da proposta. Já Coriolano Moraes, do PT, voltou a criticar a falta de regulamentação do transporte alternativo das vans na cidade, dizendo que a clandestinidade nesse tipo de serviço só tem aumentado, prejudicando as empresas de ônibus.

Coriolano pediu a criação da guarda municipal, objeto de promessa de campanha do prefeito Hérzem Gusmão, e que até agora não foi cumprido. Falou também da falência da Viação Vitória que, passado quase um ano do seu fechamento, ainda não indenizou os funcionários, arrematando que o sistema de transporte coletivo do Conquista caminha para a falência.