junho 2019
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: 27/jun/2019 . 23:52

ENTRE UM E O OUTRO

Poema do jornalista Jeremias Macário

Brigam a ciência e o mistério,

pela verdade do peregrino,

mas poucos levam a sério.

 

Misturam religião e profano,

nas festas de todo o ano.

 

Uns vão e outros ficam,

na curva escura da vida.

 

Uns preferem a linha reta;

outros duvidam da seta.

 

A saudade aperta,

quando termina a festa,

e o encontro se desfaz,

no ar como o gás.

 

Entre a água e o fogo,

fico com o fogo.

 

Entre a terra e o ar,

fico com o ar para respirar.

 

Entre a pauta e o roteiro,

temo ficar com os dois,

e ser escolhido pra depois.

 

Entre a morte e a vida,

não tem mais saída.

 

Entre a treva e a luz,

fico com a que me conduz.

 

Entre a música e a literatura,

só se tiver conteúdo e cultura.

 

Entre o deletar e a tortura,

me leve para a sepultura.

 

Entre o amor e a dor,

nos dois eu sou.

 

Entre a capela e a catedral,

sou a mais simples pra rezar,

e chegar do outro lado de lá.

 

Entre o amigo só das festas,

fico com o das horas incertas.

 

Entre Raul, Chico e Gil,

melhor se for de vinil.

 

Entre Milton e Vandré,

fico também com Tom Zé.

 

Entre a religião e a filosofia,

prefiro a popular sabedoria.

 

Entre esse espaço de aço

e a sociedade alternativa,

fico com a criatura primitiva.

 

Entre a chuva e a maré,

prefiro ir seguindo a pé.

 

 

 

 

 





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia