março 2019
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: 7/mar/2019 . 0:55

UMA OBRA ABANDONADA EM VILA DO CAFÉ QUE LUTA PELA SUA EMANCIPAÇÃO

Com aspecto de cidade e cercada de fazendas de café, como o próprio nome já diz, a Vila do Café, distrito de Encruzilhada e perto do povoado da Tapera, há anos vem lutando para ser emancipada como cidade, mas o projeto de “independência” política é sempre emperrado na Câmara dos Deputados por causa da escassez de recursos que já vive o Fundo de Participação dos Municípios e devido à questão da corrupção que envolve governos municipal, estadual e federal.

E por falar em corrupção com o dinheiro público dos contribuintes, o que mais chama a atenção em Vila do Café, distante cerca de 130 a 150 quilômetros de Vitória da Conquista, é uma obra abandonada há cinco anos onde já deveria funcionar um Ginásio de Esportes. O esqueleto das ferragens, pilastras e paredes que foram levantadas e não foram concluídas, causa revolta aos moradores que torcem para que a Vila do Café se torne uma cidade, como merece.

“Este prédio onde já foi aplicado muito dinheiro dos impostos dos cidadãos poderia hoje estar sendo usado por jovens estudantes e pelos próprios habitantes na prática de esportes, lazer e outras atividades culturais” – lamentou uma senhora que viu a promessa chegar em forma de campanha eleitoral e quando a obra foi iniciada e depois esquecida pelo poder público de Encruzilhada. É mais uma esperança que se perde.

Ao lado funciona a Escola Municipal Luis Eduardo Magalhães que, pelo seus aspecto, também necessita de reformas. O Ginásio seria um reforço de lazer e esportes para os alunos que já sofrem com a precariedade do ensino. A obra abandonada, como tantas outras espalhadas pelo Brasil, é o retrato do roubo, do superfaturamento e do desperdício de recursos.

Com cerca de 15 mil, ou mais pessoas, e estrutura de  pousadas, farmácias, restaurantes, casas de materiais de construção, serviços, colégio estadual e um comércio desenvolvido, a Vila do Café pode ser hoje considerada como um dos maiores povoados do Brasil. Expandiu-se rápido com a chegada da cultura do  café em meados dos anos 70 e início dos anos 80 do século passado.

Como em Vitória da Conquista e Barra do Choça, a Vila sofreu com os desmatamentos sem controle ambiental. A corrida do ouro vermelho, ou negro, como queira, levou muita gente a morar no local para trabalhar no campo. Acontece que o café sofreu e ainda sofre seus altos e baixos provocando o desemprego de muita gente.

O progresso e o crescimento inesperado também trouxeram seus males ,e um deles foi a violência e o tráfico de drogas como vivem atualmente as cidades brasileiras, mesmo as de menor porte. O que se percebe ao visitar o local, é que a Vila do Café precisa de muito mais atenção da Prefeitura de Encruzilhada em termos de ordenamento e prestação de serviços sociais. Essa falta de apoio leva o povo a defender sua emancipação como se fosse uma saída para todos os problemas.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia