Uma comissão formada por Jeremias Macário, Vandilza Gonçalves, Marta Moreno, Baducha, Dorinho e Jhesus se reuniu nesta quinta-feira (dia 19), no Espaço Cultural A Estrada, para traçar os primeiros passos concretos de criação e gravação do “CD Sarau A Estrada” com até 20 faixas que vão contar a história do evento cultural que está completando oito de existência.

Dentre outras decisões, ficou acordado que o CD será totalmente autoral e contará com vários estilos musicais, inclusive regionais, além da linguagem literária através de declamação de poemas, causos e textos que sempre ilustraram e fizeram parte dos nossos saraus. Uma faixa será gravada ao vivo e, possivelmente, será uma música do cantor e compositor Dorinho em parceria com o jornalista Jeremias Macário, autor da letra.

O material, que pretende ser inédito em Vitória da Conquista pelo seu conteúdo eclético e de formato dinâmico pela variedade das apresentações, será gravado no estúdio de Baducha e terá a participação dos fundadores e frequentadores mais assíduos do Sarau, desde 2010. Na sua primeira etapa, cada artista irá arcar com a gravação da sua obra.

HISTÓRIA DO SARAU

Para a abertura da mídia ficou também definida a apresentação de um texto de um minuto que irá relatar a história do Sarau e o propósito da impressão do CD como documento-memória da nossa atividade cultural colaborativa que reúne amigos e já discutiu vários temas, como Cordel, cultura nordestina, Geraldo Vandré, Castro Alves, Venicius de Morais, Raul Seixas, movimentos revolucionários de 68, educação no Brasil e tantos outros.

Não necessariamente nesta ordem, as faixas seguintes serão ocupadas pela música “Na Espera da Graça”, do cantor e compositor Walter Lajes e letra de Jeremias Macário. O próprio Walter entrará com outro trabalho, exclusivamente seu.

Dorinho cantará duas canções musicadas por ele com letra de Jeremias e Jhesus irá declamar dois causos em faixas diferentes. Baducha e sua esposa Céu ficaram encarregados de duas músicas autorais, bem como a cantora Marta Moreno com sua linda e suave voz.

O filósofo e professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia-Uesb, Itamar Aguiar, declamará um poema ou falará sobre o Sarau e o CD. Mano Di Souza e sua esposa Cleide vão gravar duas obras musicais em conjunto, ou separados.

Temos ainda na programação o cantor e compositor Moacir Mocego com suas músicas próprias, Vandilza, Regina Chaves, Nadir e o fotógrafo José Carlos D´Almeida com declamações de poemas, fechando o CD com um causo curto de Dorinho, contador de histórias como nosso amigo Jhesus.

Cada causo, poema ou texto vão ter duração máxima de dois minutos, reservando quatro minutos para os musicais. Para custear a gravação no estúdio, os artistas de causos e poesias contribuirão com R$30,00 cada um. As músicas com voz e violão, R$50,00 e instrumentada, R$100,00 para cada obra.

Os indicados ao CD do Sarau já podem começar a preparar seus trabalhos musicais e declamações dos poemas, devendo entrar em contato com nosso amigo Baducha no telefone 98852-4775, Jeremias através do número 98818-2902 ou pelo grupo com Marta ou Vandilza, para confirmar suas participações e marcar horários de gravações.